Domingo, 14 de Dezembro de 2003

...Lobão...

Finalmente consegui entrar no covil do lobo.Estive vendo as flores (não gosto de flores roxas),aproveito para dar os parabéns atrasados à tua Mãe e diverti-me com os pardalecos.


Agora,nesta floresta de cimento armado, sinto remorsos dos chamados "pardais telhado" que matava com a minha fisga, quando há muitos,muitos anos,calcurreava as planícies alentejanas.


Mas depois passa,lembro-me sempre que:


"o céu dos pardais é a barriga dos gatos"


Fernando

publicado por quim às 15:59

link do post | favorito
De alva a 14 de Dezembro de 2003 às 20:06
A morte implica regeneração. ehehehe
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...fim

. Apetites

. ...primeiro aniversário.....

. ...mudei para aqui:

. ...dá prazer ouvir...

. ...amar como o vento...

. ...upgrades...

. ...morreu...

. ...nave...

. ...adeus Fialho...

.arquivos

. Novembro 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds