Domingo, 9 de Maio de 2004

...inexistente...

...nego a minha existência
...porque não a entendo
...apenas a pretendo
...não sendo
...o que sou que não compreendo
...nego a minha existência
...dependente de ser um ser
...dependente de não ser o que sou
...dependente de ter
...uma consciência que ainda não me deixou
...nego a minha existência
...porque ainda aqui estou
...e mesmo estando
...neste momento
...versejando
...eu não fico
...eu vou
...nego a minha existência
...porque não sinto
...a fisicalidade desta aparência
...e a mim mesmo eu minto
...como sendo uma miragem
...da minha própria imagem
...sem consciência
...da minha própria ausência!...
publicado por quim às 11:41

link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De quim a 11 de Maio de 2004 às 08:28
...to AnjoDoSol: mas, o homem é um paradoxo!... *
De Anjo Do Sol a 10 de Maio de 2004 às 22:49
Ao negares a tua existência... estás a aceitá-la cada vez mais... paradoxo... ;) Beijinhos
De quim a 9 de Maio de 2004 às 21:25
...to Betania: existo?... mas, em qual das existências? :) *
De betania a 9 de Maio de 2004 às 20:51
Compreendo-te. Contudo...EXISTES!
beijinho
De quim a 9 de Maio de 2004 às 17:08
...to Lique: de uma forma ou de outra, o problema da aceitação está na coexistência; daí ser "necessário" negar uma delas; qual?... não sei (não sabemos) *
De quim a 9 de Maio de 2004 às 17:06
...to Cruz: a negação está pela "afirmativa" e é nesta que "ambos" se negam porque não admitirem a coexistência... a consciência desse factor provoca a negação mas esta, por sua vez, aceita a provocatória verdade... talvez, isso mesmo, não pelo que "ambos" sentem mas pelo que "crêem" sentir...
De lique a 9 de Maio de 2004 às 16:45
Cá para mim existes tu, o lobo e o lobo em ti. Mas talvez te olhes e vejas o lobo ou o lobo olhe e veja um homem. Bjs
De cruz a 9 de Maio de 2004 às 15:24
Talvez visibilidade e invisibilidade sejam indissociáveis e não contrárias. Por isso a afirmação. Talvez a invisibilidade da idéia seja corolário natural da visibilidade sentida pelo corpo, por isso em vez de "nele"ou "dele" eu só retiro o ou, alternativo, que sempre exclui uma parte e ponho "nele"e"dele", e , inclusivo que liga todas as partes,mesmo que aparentem contrariedade.
De quim a 9 de Maio de 2004 às 14:04
...to Cruz: perguntaria (em contradição) porquê a afirmação? Um homem transmutado em lobo que nega em existir "nele" ou "dele"? A visibilidade sentida pelo corpo não se sente na invisibilidade da consciência do que é. Porque existe, porque é, porque sente, por tudo isso contrário à própria consciência de si mesmo, se nega a si próprio não pelo que "não" sente mas pelo que "crê" sentir...
De quim a 9 de Maio de 2004 às 13:59
...to Aran: claro que existo; claro que sou e estou... :) *

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...fim

. Apetites

. ...primeiro aniversário.....

. ...mudei para aqui:

. ...dá prazer ouvir...

. ...amar como o vento...

. ...upgrades...

. ...morreu...

. ...nave...

. ...adeus Fialho...

.arquivos

. Novembro 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds