Quarta-feira, 2 de Junho de 2004

...parto...

Hoje demente, fui com a mente inchada
Para a maternidade das palavras.
Dei entrada num quarto vazio de ideias;
Não vi parteiras nem obstetras,
Nem marquesas nem banco de letras;
Somente paredes brancas caiadas há já muito tempo
Limpas de memórias e de histórias.
Deitei-me e acomodei-me o melhor que pude
Na espera expectante do passar das horas;
Posicionei a mente inchada aguardando
O tempo necessário para dali me vir embora
Com algo que tivesse de mim nascido cá para fora.
Peguei nos fórceps e nos bisturis
E cortei a mente em pedaços;
Forcei a palavra a sair
Mas não dei por nada
Nem que de letras m`estava a parir;
Apenas esperei que o tempo passasse
Ora lento ora fugidio
De ideias ou demências
Parcas em odes, prosas ou poesias…
Mas apenas saiu a desgraça
Desta imensa sensaboria…
publicado por quim às 17:15

link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De quim a 3 de Junho de 2004 às 15:34
...to AnjoDoSol: eu fugidito? não... beijinhos muitos
De Anjo do Sol a 3 de Junho de 2004 às 14:33
Amigo Quim, de vez em quando cá dou um saltinha para te "ver". Andas muito desaparecido, ou é impressão minha? ;) Agora até já tens a tua foto ali ao cantinho ;) Bjitos amigo
De quim a 2 de Junho de 2004 às 20:53
...to Lique: "esta" actividade não é assim tão extenuante, no entanto, às vezes, o "parto" é dificil... :) *
De quim a 2 de Junho de 2004 às 20:52
...to Betania: os machos não estão preparados para o evento! Dizes bem. Mas olha que no reino animal há um macho (também é o único) que engravida e é ele que dá à luz, sabias? ***
De quim a 2 de Junho de 2004 às 20:50
...to Eduardo: obrigado pela leitura... abraço :)
De lique a 2 de Junho de 2004 às 20:26
Quim, o teu parto deu uma bela criança. Podes continuar embora eu saiba que a actividade é extenuante :)*
De betania a 2 de Junho de 2004 às 19:15
Parir...meu caro quim, é sempre um risco, principalmente para os machos...que pela sua
natureza não estão tão preparados para o "evento".

Espero que pelo menos a "criança" que há em ti,
continue a brotar belos textos para nós.

Beijinho
De eduardo a 2 de Junho de 2004 às 18:37
Não gosto de utilizar muitos adjectivos nem classificar coisa nenhuma. Apenas vou ler outra vez. E outra vez. E outra...
Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...fim

. Apetites

. ...primeiro aniversário.....

. ...mudei para aqui:

. ...dá prazer ouvir...

. ...amar como o vento...

. ...upgrades...

. ...morreu...

. ...nave...

. ...adeus Fialho...

.arquivos

. Novembro 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds